Ama o desejo, não o desejado

Nietzsche187a

“Ah! Existe uma importante distinção entre nós. Eu não alego que filosofo para ti, enquanto o senhor, doutor, continua fingindo que sua motivação é servir-me, aliviar minha dor. Tais alegações nada têm a ver com a motivação humana. Elas fazem parte da mentalidade de escravo astutamente engendrada pela propaganda sacerdotal. Disseque suas motivações mais profundamente! Achará que jamais alguém fez algo totalmente para os outros. Todas as ações são autodirigidas, todo serviço é autosserviço, todo amor é amor-próprio. (…) Parece surpreso com esse comentário? Talvez esteja pensando naqueles que ama. Cave mais profundamente e descobrirá que não ama a eles: ama isso sim as sensações agradáveis que tal amor produz em você! Ama o desejo, não o desejado.”-

Este trecho é uma fala fictícia de Nietzsche para Breuer presente no livro “Quando Nietzsche chorou”, o primeiro romance do psicoterapeuta Irvin D. Yalom.

Anúncios

2 comentários sobre “Ama o desejo, não o desejado

  1. Nietzsche acusou, da forma veemente, o cristianismo de ser a “religião do sofrimento”, a inimiga dos prazeres da vida, como se o próprio Deus não dissesse na criação “E viu que tudo era Muito Bom”. Tudo o que é grande e belo e realmente vale a pena, exige sacrifícios. Que o digam os que se dedicam ao esporte, às artes, à investigação. A busca do prazer imediato (algo apenas do consumo) mata o prazer delongado, aquele que vem da perfeição que se vai realizando. O amor do sacrifício é uma doença. Sacrificar-se por amor é expressão de boa saúde humana e espiritual.

    Saúde essa que Nietzsche não tinha.

    Franco da Rocha, 15 de agosto de 2015

    Priscila Rubia de Souza

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s